Viana do Castelo junta-se ao projeto ClimAdaPT.Local – Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas

WP_20151130_14_42_49_Pro

Viana do Castelo recebeu o workshop de apresentação do projeto ClimAdaPT.Local-Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas. Este projeto tem como objetivo iniciar em Portugal um processo contínuo de elaboração de Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas e a sua integração nas ferramentas de planeamento municipal. Pretende-se alcançar este objetivo pela capacitação do corpo técnico municipal, pela consciencialização dos atores locais e pelo desenvolvimento de ferramentas e produtos que facilitem a elaboração e implementação das estratégias nos municípios participantes no projeto e, no futuro, nos demais municípios portugueses. José Maria Costa, o presidente da Câmara de Viana, explicou todo o trabalho que vem sendo desenvolvido desde Janeiro neste projeto, e a vontade de o replicar agora a todos os municípios que integram a CIM do Alto Minho. Os objetivos específicos do projeto são elaborar 26 Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas; formar 52 técnicos municipais em Adaptação às Alterações Climáticas; criar uma Plataforma para a Adaptação Municipal às Alterações Climáticas; e criar uma Rede de Municípios de Adaptação Local às Alterações Climáticas. De forma a alcançar estes objetivos, foram selecionados 26 municípios, entre os quais Viana do Castelo, que pretende também transpor este modelo para os concelhos que integram a CIM do Alto Minho. O projeto ClimAdaPT.Local está integrado no Programa AdaPT, gerido pela Agência Portuguesa do Ambiente, IP, enquanto gestora do Fundo Português de Carbono, no valor total de 1,5 milhões de euros, cofinanciado a 85% pelo EEA Grants e a 15% pelo Fundo Português de Carbono.

Notícias relacionadas

Leave a Comment