AFVC: Jogador do Neves FC suspenso preventivamente após incidentes ocorridos em Chafé

Depois de uma primeira analise aos incidentes ocorridos nos jogos do passado fim-de-semana, o Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Viana do Castelo, decidiu instaurar um Processo Disciplinar ao Neves Futebol Clube e ao seu atleta, Alexandre Manuel Gonçalves Couto (Alexingwa), que também foi suspenso preventivamente.

O presidente, António Amaral foi suspenso com 25 dias e multa de 102.00€ e o atleta, Hélder Alexandre Silva Azevedo Barroso, com 3 jogos de castigo.

O Neves FC e o atleta, Alexingwa vão ainda ser sujeitos a um Processo de Inquérito.

Recorde-se que estas decisões estão na origem da polémica ocorrida no passado domingo no jogo Chafé – Neves da 24ª jornada do Campeonato Distrital da 1ª Divisão da Associação de Futebol de Viana do Castelo, que o arbitro João Morte terminou aos 72 minutos, alegando não ter condições para continuar o jogo.

Mão pesada também no futsal

Dos castigos aplicados pelo Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Viana do Castelo, destaque ainda para a suspensão preventiva do atleta de futsal da Associação Desportiva de Ponte da Barca, Hélder Jesus Gomes Sendão e respetivo processo de inquérito.

O atleta, Hélder Luís Gonçalves Santos, do mesmo clube, também foi suspenso preventivamente.

Estes castigos foram aplicados pelo Conselho de Disciplina após os incidentes registados no final do jogo, Ponte da Barca – Amigos de Sá da meia-final da Taça da AFVC e que envolveram os atletas e o arbitro, João Carlos Costa.

Os castigos começam a contar da data imediata aos jogos em causa.

Notícias relacionadas

Leave a Comment