Rui Sousa: “Esta será a minha última Volta a Portugal”

O ciclista vianense, Rui Sousa (RP-Boavista) desfez o segredo que já circulava entre a caravana e os adeptos do ciclismo português.

Na sala de imprensa da Volta a Portugal rodeado de jornalistas e vários amigos que foi fazendo ao longo de 20 anos de profissionalismo anunciou na sexta-feira, em Fafe, o final de carreira no fim desta temporada.

Com a voz embargada pela emoção disse que esta Volta será a última em que participa. “No final deste ano a bicicleta acaba para mim. Despeço-me do profissionalismo mas não do ciclismo pois é o desporto de uma vida. Temos de saber parar na altura certa. Com a vitória de quinta-feira (ganhou na chegada a Fafe a 6ª etapa da 79ª Volta a Portugal Santander Totta), consegui um fecho de carreira bonito”, disse com os olhos cheios de água.

O corredor de Barroselas, Viana do Castelo, depois gracejou: “Vou ser considerado o mais chorão desta Volta. Antes da etapa chorei, terminei a chorar pela vitória… e hoje choro porque é muito difícil dizer que acabou.”

“Quero agradecer a todas as equipas por onde passei, a todos os colegas que tive. Queria pedir desculpa a todas aquelas pessoas com quem não fui correto na minha carreira, independentemente de ter razão ou não. Nesta modalidade, quase não tenho inimigos- posso ter uma pessoa ou outra. Até ao dia de hoje, continuo a ser um atleta respeitado pelos adversários. Noto que as pessoas gostam de mim e penso que isso tem a ver com a minha postura em corrida. Sempre soube, nos momentos bons ou menos bons [emociona-se], dizer que não venci, porque não fui o mais forte”, lembrou.

Ao lado de Rui Sousa, entre outros, estava o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo. “É um momento importante para o Rui, mas também para a Volta a Portugal. Nós temos uma grande honra em ter em Viana do Castelo pessoas como o Rui. O Rui é um exemplo para todos. O nosso muito obrigado ao Rui Sousa”, concluiu José Maria Costa.

Notícias relacionadas

Leave a Comment