FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 29 Mai 2010

Caminha: Quatro morrem em despiste de Porsche

O condutor do automóvel que hoje se despistou na EN-13, em Caminha, provocando quatro mortos, ter-se-á “atrapalhado” ao avistar uma patrulha da GNR que na […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O condutor do automóvel que hoje se despistou na EN-13, em Caminha, provocando quatro mortos, ter-se-á “atrapalhado” ao avistar uma patrulha da GNR que na altura fiscalizava o trânsito numa rotunda. A viatura, que circulava “a alta velocidade”, começou por embater num rail da estrada, onde terá perdido um pneu, acabando por se despistar uns 100 metros à frente, onde galgou outro rail, acabando por chocar “violentamente” contra um pinheiro de grande porte.

 
 
“O carro – um Porsche 911 – partiu ao meio, tal a violência do embate”, referiu fonte dos bombeiros. A fonte policial admitiu que, para fugir ao controlo da GNR, o condutor tenha tentado virar à direita, por uma via que dá para o interior da freguesia de Moledo. O acidente deu-se pelas 00:50, logo após uma reta “com um comprimento considerável”. O condutor da viatura tinha 46 anos e era proprietário de uma vidraria em Moledo, concelho de Caminha. As outras três vítimas mortais, que seguiam igualmente na viatura, são dois jovens de 21 anos e outro de 33. São todos do concelho de Caminha. O acidente deu-se pelas 00:50, tendo sido mobilizadas para o local mobilizadas seis viaturas dos Bombeiros de Caminha, uma ambulância de suporte imediato de vida e uma viatura médica de emergência e reanimação. As operações de socorro e de limpeza da via só foram dadas por concluídas depois das 05:00.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts