FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 10 Mai 2010

Coutinho: Dez anos depois da anunciada demolição prédio volta a interessar para morar

Dez anos depois de anunciada a sua demolição como intervenção emblemática do programa Polis, o polémico prédio Coutinho, em Viana do Castelo, continua de pedra […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Dez anos depois de anunciada a sua demolição como intervenção emblemática do programa Polis, o polémico prédio Coutinho, em Viana do Castelo, continua de pedra e cal e, garantem os moradores, “todas as semanas” os proprietários recebem propostas para aluguer das fracções. “Apesar de anunciado para demolir, há muito interesse das pessoas. E alguns dos moradores que têm mais do que uma fracção no prédio já começaram a alugar. Não há nada que nos impeça de o fazer”, apontou Abílio Teixeira, porta-voz dos moradores do prédio, justificando este novo interesse nos treze andares do edifício Jardim: “É o prédio da cidade, com a melhor qualidade, o único que tem porteiros e num excelente estado. Que mais se pode querer?”.
 

O programa Polis de Viana do Castelo foi o primeiro do país a ser lançado, há precisamente dez anos com José Sócrates a ministro do Ambiente, mas continua sem data de conclusão, por causa do processo judicial que envolve a demolição do “prédio Coutinho”. Considerado “o maior aborto arquitectónico” do Centro Histórico da cidade, no prédio moravam 300 pessoas, mas a esmagadora maioria já saiu, restando cerca de quatro dezenas. “Para quem cá continua foram dez anos de pesadelo, sem saber se temos de sair da nossa casa. Num país em que se passa fome, é um crime querer demolir um prédio destes só por ser um capricho de um presidente de Câmara”, afirmou ainda Abílio Teixeira. Para quem pretende alugar uma fracção o maior problema é que não existem muitas mais livres, tendo em conta as que estão nas mãos da VianaPolis, a sociedade gestora daquele programa de requalificação urbana, e que não serão negociadas.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts