FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Mai 2010

Recomendações sobre o processo de requalificação das Urgências no Alto Minho publicadas em Diário da República

Acabam de ser publicadas, em Diário da República, as duas resoluções da Assembleia da República sobre os serviços de saúde no Alto Minho. A primeira […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Acabam de ser publicadas, em Diário da República, as duas resoluções da Assembleia da República sobre os serviços de saúde no Alto Minho. A primeira “recomenda ao Governo que proceda à suspensão imediata do encerramento dos Serviços de Atendimento Permanente (SAP) de Arcos de Valdevez, Melgaço, Paredes de Coura e Valença”. Valença tem sido precisamente o concelho que mais tem contestado o encerramento do SAP local. Carlos Natal, o porta-voz da Comissão de Utentes do Centro de Saúde, espera agora que o Governo acate esta recomendação e garante também que, em breve, os protestos vão regressar a Valença.

 
A segunda resolução da Assembleia da República também já publicada “recomenda ao Governo a suspensão do processo de requalificação das urgências”, uma suspensão que deveria ser imediata e vigorar por três meses, “a fim de se proceder a uma reavaliação global do programa”. Recomenda ainda que “a reavaliação do programa de requalificação das urgências seja realizada em articulação directa com as autarquias visadas, no sentido de que sejam reconhecidas determinadas especificidades regionais, nomeadamente a acessibilidade das populações à prestação de cuidados de urgência alternativos”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts