FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 14 Mai 2010

Tirsense insiste na despromoção do Moreirense, Vianense à espreita

O Tirsense requereu à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) a não homologação da classificação da Zona Norte da II Divisão, alegando “utilização indevida de um […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Tirsense requereu à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) a não homologação da classificação da Zona Norte da II Divisão, alegando “utilização indevida de um jogador do Moreirense”, disse hoje fonte do clube. O Moreirense terminou a Zona Norte da II Divisão no primeiro lugar da tabela classificativa – garantindo o acesso à fase que irá decidir a promoção à Liga de Honra – enquanto o Tirsense foi 2.º, a 14 pontos. O Vianense, despromovido à III divisão, também poderia sair beneficiado deste processo, em caso de decisão que vá de encontro à pretensão do Tirsense.

Victor Carvalho, da Comissão de Gestão do Futebol do Tirsense, disse à Lusa que “o clube está ainda à espera de uma resposta por parte da FPF”, mas “admite levar o caso às últimas instâncias”. “Caso o Conselho de Disciplina (CD) não dê razão ao Tirsense, iremos recorrer ao Conselho de Justiça (CJ) e por último à UEFA”, acrescentou Victor Carvalho, que não tem dúvidas quanto à utilização indevida de Ricardo Ribeiro de Andrade. De acordo com o Tirsense, que sustenta as acusações com fichas de jogos, o jogador rubricou contrato em 2009/2010 com quatro clubes diferentes, tendo atuado em três brasileiros e um português (Moreirense). “Pelos regulamentos da FIFA, que a FPF aplica em Portugal, o Moreirense FC, para além de outras possíveis penalidades, desce de divisão”, sustentam os responsáveis do Tirsense, que estranham a demora da análise do processo.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts