FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 11 Jun 2010

Ponte de Lima: Funcionária de creche condenada a pena suspensa por ter agredido bebé

Uma auxiliar da creche da Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima foi condenada a um ano e dois meses de prisão, com pena […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Uma auxiliar da creche da Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima foi condenada a um ano e dois meses de prisão, com pena suspensa, por agressão a um bebé de sete meses. Segundo fonte judicial, a auxiliar foi condenada pelo crime de maus tratos, tendo o tribunal dado como provado que ela agrediu o bebé “com duas ou três bofetadas” na cara. A suspensão da pena deveu-se segundo o tribunal, sobretudo à ausência de antecedentes criminais e de outros comportamentos semelhantes.

 
O provedor da Santa Casa de Ponte de Lima, António Veloso, disse ainda não ter conhecimento oficial da decisão do tribunal, mas garantiu que a funcionária vai voltar ao serviço, após cumprida a pena de suspensão que lhe tinha sido aplicada, na sequência de um processo disciplinar, e que acaba em finais deste mês. Os factos remontam a finais de Dezembro de 2009, quando os pais do bebé denunciaram a alegada agressão de que o filho teria sido vítima. Jaime Matos, o pai do bebé garantiu que, durante o julgamento, duas outras funcionárias da creche confirmaram a agressão, tendo uma garantida que viu e a outra que “ouviu”. O progenitor disse ainda esperar que a condenação da funcionária funcione como “factor dissuasor” de mais agressões a menores e de “incentivo para que os pais não fiquem parados, perante suspeitas de maus tratos”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts