FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 24 Jun 2010

Portagens: Utentes dizem que apenas uma “batalha” foi ganha, ainda falta a “guerra”

Os utentes da A28 reagiram com satisfação ao chumbo do chip pelos partidos da oposição mas garantem que “apenas foi ganha uma batalha”, mesmo admitindo […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Os utentes da A28 reagiram com satisfação ao chumbo do chip pelos partidos da oposição mas garantem que “apenas foi ganha uma batalha”, mesmo admitindo que a cobrança de portagens, no imediato, “está afastada”. “Ainda é cedo para cantar vitória, mas que claro que ficamos satisfeitos. Isto após meses de confronto do Governo com as populações, com as empresas e com as câmaras”, afirmou Jorge Passos, do movimento “Naturalmente Não às portagens na A28”.
 

 ?Ainda assim admite que a cobrança de portagens nas SCUT “serão uma realidade” dado o entendimento de PS e PSD sobre o principio do utilizador pagador. “Mas se se conseguir a isenção que o primeiro-ministro anunciou, para residentes e empresas, é uma batalha muito importante que foi ganha pelos utentes”, acrescentou. Ainda assim lembra que este chumbo vai permitir ao Governo “ponderar sobre os erros que estava a cometer”, ao mesmo tempo que assinala que a 09 de Julho o Parlamento vai ser, de novo, chamado a pronunciar-se, desta vez sobre a revogação da cobrança de portagens nas SCUT, proposta pelo PCP. “Agora ganhou-se tempo com o meio de cobrança. Vamos ver o que vão dar as negociações, entretanto. Mas é mais uma batalha para travar”, disse ainda Jorge Passos. “A haver portagens, desde que sejam universais a todas as SCUT e não a descriminação do Norte, consideramos que já é um passo muito grande e um sucesso considerável, rematou. Na quinta-feira, PSD, CDS, Bloco de Esquerda e PCP aprovaram os diplomas que previam a revogação dos decretos-lei do Governo, aprovados na anterior legislatura, que obrigavam à instalação de dispositivos electrónicos de matrícula (“chips”) nos veículos automóveis. As iniciativas da oposição baixam agora à comissão parlamentar de Obras Públicas, Transportes e Comunicações, para discussão na especialidade, seguindo-se depois a votação final global. Com a revogação deste sistema de identificação de veículos, fica em causa a cobrança de portagens a partir de 01 de Julho nas vias sem custos para os utilizadores (SCUT) do Grande Porto, Norte Litoral e Costa da Prata.
 

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts