FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 15 Jul 2010

Construção do acesso rodoviário ao Porto de Mar de Viana em condições para avançar este ano

O Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações acaba de emitir um despacho no qual determina “a declaração de utilidade pública, da expropriação dos bens […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações acaba de emitir um despacho no qual determina “a declaração de utilidade pública, da expropriação dos bens imóveis e dos direitos a eles inerentes” de um total de 195 parcelas de terrenos nas freguesias de Vila Nova de Anha, Chafé, Neiva e Darque. Estes terrenos destinam-se à construção do acesso rodoviário ao sector comercial do porto de Viana do Castelo, entre o nó da A28, junto à zona industrial de São Romão de Neiva, e o porto de Viana do Castelo, numa extensão de 8,8 km, uma obra que será promovida pela Administração do Porto de Viana do Castelo. Matos Fernandes, o presidente do Conselho de Administração dos Portos do Douro e Leixões, diz mesmo que já existe acordo com alguns proprietários dos terrenos e que se prevê que o concurso para a construção destes acessos seja lançado ainda este ano.

 
O Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações sublinha “a importância que esta ligação rodoviária assume para o reforço da competitividade do porto de Viana do Castelo, optimizando o tempo de percurso dos veículos pesados com a consequente redução de custos para os transportadores de mercadorias. A isto acrescenta que “a realização deste projecto permite desviar o tráfego da EN13, em concreto do centro da vila de Darque, incrementando a segurança com benefícios económicos, sociais e ambientais”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts