FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 29 Jul 2010

Viana do Castelo: Há cada vez menos imigrantes ilegais

Uma “estatística confortável”: é o que a Secretária de Estado da Administração Interna, Dalila Araújo, diz ter encontrado em Viana do Castelo, isto depois de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Uma “estatística confortável”: é o que a Secretária de Estado da Administração Interna, Dalila Araújo, diz ter encontrado em Viana do Castelo, isto depois de ter visitado o Centro de Cooperação Policial e Aduaneira de Tuy/ Valença, e a delegação distrital do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. De acordo com o SEF, em 2009 foram feitos em Viana do Castelo 7300 atendimentos e um total de 1438 pedidos da mais diversa natureza. Foram também efectuadas 57 acções de fiscalização, das quais resultaram a identificação de 462 cidadãos estrangeiros, dos quais apenas 23 se encontravam em situação irregular, tendo só 15 sido expulsos. Estes são números que, para Dalila Araújo, vão de encontro aos três pilares da política de emigração traçada pelo Governo.

 
Refira-se que, no Alto Minho, residem actualmente 3141 cidadãos estrangeiros, um terço dos quais no concelho de Viana do Castelo. Destes 30% são brasileiros, seguindo-se os espanhóis, os ucranianos, os cabo-verdianos e os chineses. A Secretária de Estado da Administração Interna anunciou ainda que, já no próximo ano lectivo, vai ser estendido a Viana do Castelo o programa “O SEF vai à Escola”. Trata-se de uma iniciativa que visa a regularização da situação de todos os menores estrangeiros que estejam a frequentar o ensino em Portugal.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts