FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 09 Ago 2010

Câmara de Viana perdeu um milhão de euros de receitas do IMI em 2009

A Câmara Municipal de Viana do Castelo acaba de aprovar o lançamento de Derrama e a nova taxa de Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI), à […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Viana do Castelo acaba de aprovar o lançamento de Derrama e a nova taxa de Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI), à taxa máxima, propostas que passaram apenas com os votos favoráveis da maioria socialista e o chumbo dos vereadores da oposição, PSD e CDS-PP.A aplicação destas taxas é justificada por José Maria Costa, autarca de Viana do Castelo, com a necessidade de assegurar verbas para alguns investimentos em curso pelo município, como a construção do novo parque escolar.

 
Ainda assim, José Maria Costa sublinhou que só no IMI a autarquia teve menos um milhão de euros de receitas em 2009, comparativamente com o ano anterior. Já o PSD lamentou a aplicação dos impostos à taxa máxima e no caso da Derrama disse esperar um sinal de “apoio” ao “debilitado” tecido económico, reduzindo esse valor, o que acabou por não acontecer. “Era uma altura de a Câmara Municipal dar um sinal de cooperação com os empresários. Porque os investimentos para a qual a Derrama é canalizada são as responsabilidades normais da Câmara. Daria uma nova lufada”, apelou António Amaral, na reunião do executivo camarário desta segunda-feira.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts