FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 24 Ago 2010

Ministério apoia compra de feno aos produtores da Peneda-Gerês

O ministro da Agricultura, anunciou hoje no Soajo, Arcos de Valdevez, que o Governo vai atribuir 40 euros por ovino ou caprino ou 100 euros […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O ministro da Agricultura, anunciou hoje no Soajo, Arcos de Valdevez, que o Governo vai atribuir 40 euros por ovino ou caprino ou 100 euros por bovino aos criadores de gado de 150 freguesias afetados pelos incêndios. Em declarações aos jornalistas, António Serrano, disse que o levantamento feito pelos serviços do Ministério concluiu que houve 150 freguesias onde as pastagens foram afetadas pelos incêndios.

O governante, que hoje visitou o Parque Nacional da Peneda-Gerês e percorreu uma das zonas ardidas de floresta e pastos, frisou que as ajudas financeiras não se restringem ao Parque, já que abrangem todos os criadores afetados por fogos florestais nos meses de julho e agosto. António Serrano recusou-se, no entanto, a quantificar qual o montante que o Governo vai despender com a ajuda aos produtores de gado. Disse que os apoios para alimentação animal se destinam a animais registados, frisando que o despacho que os regula foi assinado na terça feira e que as candidaturas estão disponíveis. O ministro sublinhou que além da linha de apoio de emergência estão disponíveis outros apoios ao setor, quer para reposição de alfaias ou maquinaria afetada pelas chamas, quer para povoamento ou repovoamento florestal. Questionado sobre os motivos da escolha do Parque Nacional para conhecer as consequências dos incêndios, António Serrano disse que a sua preocupação foi a de estar com as pessoas num momento de pós incêndio”. “Agora é preciso ajudar quem está na terra, os agricultores”, frisou, adiantando que na próxima semana fará novas visitas a outras áreas do país afetadas por fogos florestais. “As pessoas expuseram-me os seus problemas concretos na área da pastorícia”, disse acrescentando que falou com pequenos agricultores que estão com dificuldades em ter alimentos para os animais. Presente na visita, o presidente da Câmara dos Arcos de Valdevez, Francisco Araújo, do PSD, lamentou a ausência do diretor do Parque Nacional na visita ministerial, afirmando que tal demonstra que o Parque tem como lema o da “ausência”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts