FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 09 Set 2010

“Em cima da mesa” revela que afinal são 15 as escolas que fecham no distrito, em Ponte da Barca há uma com apenas 4 alunos

Este ano lectivo já não abrem portas no concelho de Viana do Casetlo as escolas básicas de Vila Mou, cujos cerca de 20 alunos serão […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este ano lectivo já não abrem portas no concelho de Viana do Casetlo as escolas básicas de Vila Mou, cujos cerca de 20 alunos serão transferidos para o Centro Escolar de Lanheses, e a de Freixieiro de Soutelo, em que por opção dos pais as crianças vão passar a frequentar uma escola do vizinho concelho de Caminha. Ainda assim, estes números relativos ao novo ano lectivo ficam aquém do total de encerramentos anunciados pelo Ministério da Educação, que na sua primeira listagem oficial apontava para cerca de meia centena de escolas em todo o distrito de Viana do Castelo. No “Em cima da mesa” desta quinta-feira é revelado o número definitivo de escolas do primeiro ciclo a encerrar no distrito.

 
Cristina Garcia, coordenadora da equipa de apoio às escolas do distrito de Viana do Castelo, revela que, no total, há 15 escolas básicas que fecham portas em todo o distrito. Devido à falência da empresa que estava a construir o novo Centro Escolar de Castro, em Ponte da Barca, o Ministério da Educação acaba de autorizar, a título excepcional, o funcionamento de uma escola do ensino básico com apenas quatro alunos, apesar de reconhecer tratar-se de uma situação que não é ideal. As aulas começam nos próximos dias e em todo o distrito há cerca de 32 mil alunos, sendo que destes 11500 estão no concelho de Viana do Castelo. Apenas na capital de distrito o orçamento municipal para a educação é de 1,5 milhões de euros, sendo que destes a maior fatia, de 900 mil euros, é apenas para transportes escolares.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts