FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Set 2010

Vale do Minho: Valença decide esta semana sobre a localização do Aterro Multimunicipal

Na próxima sexta-feira a Assembleia Municipal de Valença vai tomar uma decisão definitiva sobre a manutenção da localização do Aterro Intermunicipal de Vale do Minho […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Na próxima sexta-feira a Assembleia Municipal de Valença vai tomar uma decisão definitiva sobre a manutenção da localização do Aterro Intermunicipal de Vale do Minho na freguesia de S. Pedro da Torre, em Valença. Isto porque a nova localização aponta para um terreno localizado cerca de 400 metros ao lado do actual aterro, mas já na freguesia de Cornes, em Vila Nova de Cerveira. Na prática, o edifício de apoio mantem-se, os resíduos é que passam a ser depositados mais ao lado por um período de 10 anos. A Assembleia de Freguesia de S. Pedro da Torre já se pronunciou sobre o assunto, e decidiu optar pela manutenção da localização, desde que mediante algumas contrapartidas e compromissos, como disse à Geice o autarca Manuel Afonso.

 
A Assembleia de Freguesia de S. Pedro da Torre optou pela manutenção da localização do aterro, recendo como contrapartida 50 mil euros por ano e com o compromisso de que o próximo aterro nunca será construído a menos de 10 quilómetros do actual. Uma decisão que deverá ser ratificada na Assembleia Municipal de Valença, já esta sexta-feira. Refira-se que o aterro da Valorminho recebe uma média anula de 35 mil toneladas de resíduos. Desde 1998 que o aterro está instalado em S. Pedro da Torre, Valença, mas numa história longa e polémica, o Supremo Tribunal Administrativo, decretou o seu encerramento compulsivo em 2004 devido a questões processuais que não se cumpriram durante a sua construção. A autarquia de Valença invocou então a “impossibilidade de cumprimento do acórdão”, tendo em conta os “custos exorbitantes” com o eventual desmantelamento da estrutura e porque não haveria nenhum espaço para a deposição dos lixos dos seis municípios.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts