FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Out 2010

Bombeiros do distrito podem parar porque estão a ficar sem dinheiro, não recebem desde Março

A Federação Distrital de Bombeiros Voluntários de Viana do Castelo admite tomar uma posição de força já na próxima semana, em reunião magna, de forma […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Federação Distrital de Bombeiros Voluntários de Viana do Castelo admite tomar uma posição de força já na próxima semana, em reunião magna, de forma a tentar “resolver a situação de asfixia” que as onze corporações do distrito de Viana do Castelo vivem, dada a divida de 800 mil euros acumuladas por parte das várias instituições ligadas à saúde desde Março. “Se o nosso serviço está ameaçado? Não queria sequer pensar nisso, mas é uma possibilidade, tendo em conta que não temos mais hipótese de continuar, sem dinheiro”, explicou Rui Cruz, o presidente da instituição minhota.

 
Em causa está uma dívida total aos bombeiros do distrito que já ascende a 800 mil euros, por parte das entidades de saúde locais, como os hospitais de Viana, INEM e até hospitais do grande Porto, nas deslocações que os bombeiros têm que realizar. “Isto está a estrangular financeiramente as associações. Todos os serviços que adquirimos são pagos a pronto, como combustíveis, reparações das viaturas e assalariados. Do outro lado temos meses de dívidas das instituições de saúde”, concretizou ainda. Na próxima semana a Federação Distrital de Bombeiros vai reunir os corpos sociais “e decidir em conjunto alguma eventual forma de luta”. “Nesta altura não posso dizer mais nada. Mas alguma coisa terá que ser feita para acabar com esta asfixia financeira em que nos colocaram”, afirma ainda Rui Cruz. Em causa estão pagamentos referentes a todo o tipo de serviço que envolve transporte de doentes, desde transferências, entre hospitais ou outros, até os habituais serviços de urgência prestados pelas corporações.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts