FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 15 Out 2010

Declarações do presidente do Eixo Atlântico sobre as portagens caem mal ao autarca vianense: “Não aceitamos que os espanhóis venham mandar em Portugal”

 “Não aceitamos que os espanhóis venham mandar em Portugal”. Foi assim que o presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo reagiu às declarações do […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

 “Não aceitamos que os espanhóis venham mandar em Portugal”. Foi assim que o presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo reagiu às declarações do Secretário-geral do Eixo Atlântico sobre as portagens nas SCUT, que disse que o Ministro das Obras Públicas português deveria “pedir imediatamente a demissão” pelo mau serviço que tem prestado a Portugal. José Maria Costa lembra que o Eixo Atlântico é uma associação de Municípios do Norte de Portugal e da Galiza que, para tomar uma posição, tem de reunir o seu Conselho Directivo. Como isso não aconteceu, diz o autarca vianense, o presidente da associação “não pode imiscuir-se” nas políticas nacionais.

 
Refira-se que, para além de pedir a demissão de António Mendonça, Xoan Vasquez Mao afirmou que, desde Julho, a Junta da Galiza e o Eixo Atlântico têm multiplicado pedidos de informação junto do Governo, Ministério e Secretaria de Estado das Obras Públicas, e Estradas de Portugal, sobre o mecanismo de pagamento nas SCUT do norte, mas até agora as respostas foram “nulas ou absurdas”. Classifica a introdução de portagens nas SCUT como “surrealistas” e diz mesmo que “o Governo português é autista”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts