FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 15 Out 2010

Durão Barroso “convencido” a não colocar portagens na A28 depois de viajar pela EN13

O ex-Governador Civil do Distrito de Viana do Castelo, António Carvalho Martins, admitiu ontem que em 2003 terá convencido o então primeiro-Ministro Durão Barroso a […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O ex-Governador Civil do Distrito de Viana do Castelo, António Carvalho Martins, admitiu ontem que em 2003 terá convencido o então primeiro-Ministro Durão Barroso a não cobrar portagens na A28, até ao Porto, simplesmente porque o convidou a viajar pela Estrada Nacional 13, a alternativa apontada por todos os estudos. A revelação foi feita por Carvalho Martins, em entrevista ao programa “Em Cima da Mesa” da próxima quinta-feira, dedicado ao balanço do primeiro ano de mandato autárquico na autarquia de Viana.

 
“Num dia que vínhamos ao Norte, falei com ele e pedi-lhe, nas suas funções, para que fizéssemos a viagem pela EN13 para que ele visse a alternativa. Sem ser em hora de ponta e naquela altura levamos mais de quarenta minutos do que a viagem pela A28”, explicou o agora vereador do PSD na Câmara de Viana do Castelo, liderada pelo PS. “Tenho pena, que se saiba, que este executivo municipal socialista, não tenha feito o mesmo, pegando no senhor ministro ou primeiro-ministro e viajando pela EN13. Tenho mesmo muita pena”, acrescentou. A intenção de acabar com o regime SCUT já vinha de governos anteriores, mas só o actual, liderado pelo PS, o está a colocar em prática. Homem forte do aparelho social-democrata, um dos mais influentes minhotos em Lisboa, Carvalho Martins foi Governador Civil do distrito de Viana do Castelo durante o último Governo de Direita. “Naquela viagem, estou perfeitamente convicto disso, as portagens na A28 não avançaram, porque ele percebeu que não havia alternativas”, acrescentou o social-democrata. Agora, assegura o vereador, que já propôs à maioria socialista, sem sucesso, o pedido de um parecer sobre a legalidade de introdução de portagens na A28, por não ter sido construída em regime SCUT, o problema da viagem pela EN13 será maior. “Com as portagens, o volume de trânsito que vai passar para a EN13 será insustentável para uma via que simplesmente é municipal”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts