FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 25 Out 2010

Futebol: Vianense marcou oito golos mas só contaram quatro

O Sport Clube Vianense voltou a apresentar-se demolidor, conquistando mais uma goleada e assumindo-se claramente como o ataque mais concretizador do Campeonato Nacional da III […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Sport Clube Vianense voltou a apresentar-se demolidor, conquistando mais uma goleada e assumindo-se claramente como o ataque mais concretizador do Campeonato Nacional da III Divisão. Os primeiros 30 minutos foram um autêntico “massacre” para a equipa do Amares. Bastaram pouco mais de 10 minutos para que a formação de Viana aponta-se quatro golos. Na primeira parte, desde cedo o Vianense tomou conta do jogo, procurando chegar rapidamente ao golo. O Amares teve dificuldades em se libertar da avalanche ofensiva provocada pelos pupilos de Rogério Brito.

Depois de terem sido anulados três golos ao Vianense, a equipa vianense abriu (oficialmente) o activo aos 18 minutos por Marcos com um remate cruzado para o fundo da rede (1-0). Apenas cinco minutos depois foi a vez de Cristiano, a passe de Marcos, emendar à boca da baliza para o 2-0. A meio da primeira parte a vantagem dava tranquilidade aos vianenses, mas os azuis e brancos de Viana do Castelo mostraram uma fome imensa pela baliza contrária e continuaram no mesmo ritmo até ao 4-0 (golos de Marcos e Jorge Humberto).
Na segunda parte, o S. C. Vianense baixou o ritmo e a intensidade de jogo, promovendo uma gestão inteligente da bola e do resultado. A espaços, o Amares procurou aparecer no jogo, mas foi Marcos que viu o trio de arbitragem anular mais um golo aos da casa.Foi uma vitória justa da melhor equipa em campo num jogo em que estranhamente foram anulados quatro golos ao Vianense.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts