FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 15 Out 2010

Limianos: “Já fizemos muita coisa, mas ir ao Porto e ganhar vai ser a primeira vez”

Carlos Cunha é o homem operacional do clube, já foi treinador e está presente, enquanto coordenador técnico, em quase tudo o que se passa. Não […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Carlos Cunha é o homem operacional do clube, já foi treinador e está presente, enquanto coordenador técnico, em quase tudo o que se passa. Não esconde a emoção de ver os mais novos à caça dos autógrafos dos jogadores do Limianos que vão ao Dragão. Experiência de alguns jogadores, com currículo de II liga, aliada a miúdos ?que estão nos Limianos para se valorizarem?, é a alma do sucesso desta equipa, ainda mal despertada do sonho que foi o sorteio da Taça. É um abalo muito grande que veio trazer. Temos o campo cheio e não é de todo uma semana tranquila, mas isso pode proporcionar neles maior entrega a dedicação. Sobretudo sabem que não tem nada a perder e tudo a ganhar?, confessa, enquanto corre de um lado para o outro para tentar começar o treino.

 Muito longe disso, porque a conta gotas os jogadores não conseguem entrar em campo. ?Para mim é voltar a jogar no campo do Porto, nada de novo?, brinca Emanuel, ex-campeão nacional pelo Boavista e que chegou a disputar a Liga dos Campeões. Em 1997 estava no Rio Ave e marquei o meu primeiro golo. Foi ao Porto, pode ser que repita?, confessa. Logo ao lado Pilo? assiste e lá solta a graça: ?Há 40 anos foi eu a marcar e dar a passagem na Taça. Agora faz alguma coisa tu?, brinca o veterano jogador de 65 anos enquanto troca memórias com João Fernandes. Aos 80 anos, é o sócio n.º 4 do clube e faz questão de o mostrar. ?Já passamos muita coisa mas ir ao Porto e ganhar vai ser a primeira vez?, conta, divertido, enquanto pisca o olho.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts