FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 27 Out 2010

Ponte Eiffel reabriu há três anos e enfrenta agora um novo teste de resistência: as portagens

  Este sábado completam-se três anos sobre a reabertura da centenária ponte metálica de Viana do Castelo ao trânsito, isto depois de ter estado encerrada […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

 
Este sábado completam-se três anos sobre a reabertura da centenária ponte metálica de Viana do Castelo ao trânsito, isto depois de ter estado encerrada uns longos 21 meses para obras de recuperação do tabuleiro rodoviário e reforço dos pilares de sustentação. E se há 3 anos o então Ministro das Obras Públicas, Mário Lino, dizia que Viana do Castelo tinha uma ponte para “durar mais 100 anos”, hoje o presidente da Associação de Moradores do Cabedelo e também membro da Comissão de Utentes da Ponte Eiffel, duvida que isso corresponda à verdade. Rocha Neves sublinha que, com a introdução de portagens na A28, esta travessia do Rio Lima volta a estar sujeita a uma grande pressão, cujos efeitos são necessário acautelar urgentemente.

 
Recorde-se que a Ponte Eiffel foi sujeita a obras de reabilitação e reforço orçadas em 12,4 milhões de euros. Há três anos estimava-se que circulassem diariamente na ponte 12 500 viaturas. Um número que tem aumentado exponencialmente desde o dia em que começaram a ser cobradas portagens na A28.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts