FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 08 Out 2010

SCUT: Defensor de Moura deixa em aberto sentido de voto face aos projetos

O candidato presidencial Defensor de Moura advertiu hoje que está em aberto o seu voto perante os projetos do PCP e Bloco de Esquerda que […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O candidato presidencial Defensor de Moura advertiu hoje que está em aberto o seu voto perante os projetos do PCP e Bloco de Esquerda que pretendem revogar a cobrança de portagens nas três SCUT da zona do Porto. Defensor de Moura transmitiu esta posição, horas depois de ter feito críticas na reunião da bancada do PS ao previsto sistema de cobrança de portagens nas auto estradas do Grande Porto, Norte Litoral e Costa de Prata. Interrogado sobre o seu sentido de voto face aos projetos do PCP e do Bloco de Esquerda a favor da revogação da cobrança de portagens em auto estradas sem custos para o utilizador – e que sobem a plenário dia 14 -, o deputado socialista disse que está em fase de “reflexão”.

Segundo o candidato presidencial, no modelo de cobrança de portagens previsto para as três SCUT da região do Porto “verifica-se uma grande assimetria de preços por quilómetro, sendo a variação entre os três e os 18 cêntimos”.“Este modelo está errado e é preciso um estudo com cabeça, tronco e membros, bem fundamentado”, defendeu o ex-presidente da Câmara de Viana do Castelo.Defensor de Moura criticou ainda o facto de o atual modelo “atingir concelhos em que o rendimento per capita é inferior à média nacional”.“Para mais, está demonstrado que muitos concelhos não têm real alternativa a estas SCUT”, acrescentou.A reunião da bancada socialista foi hoje marcada por apelos à “unidade” feitos pelo presidente do Grupo Parlamentar do PS, Francisco Assis, e por críticas do secretário nacional do PS para as Relações Internacionais, José Lello, às “persistentes fugas de informação” do que se passa nas reuniões internas deste partido.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts