FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 16 Nov 2010

Caminha: Mourassos em risco de fechar portas e atirar mais 90 trabalhadores para o desemprego

Mais uma empresa em vias de fechar portas no distrito de Viana do Castelo. Desta vez é a Mourassos, uma empresa têxtil instalada em Caminha […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Mais uma empresa em vias de fechar portas no distrito de Viana do Castelo. Desta vez é a Mourassos, uma empresa têxtil instalada em Caminha e que, de há uma década a esta parte, vem denunciando a existência de graves problemas financeiros. Depois de atravessar diversos processos de recuperação, a dívida à Segurança Social já ascende, neste momento, a 1,5 milhões de euros. Depois de tentar, durante vários anos, negociar a dívida, a Segurança social acabou por interpor uma acção em Tribunal que agora deverá resultar na insolvência desta fábrica de confecções. Para Branco Viana, o Coordenador da União de Sindicatos de Viana do Castelo, este é mais um caso a lamentar, até porque em jogo estão mais 90 postos de trabalho.

 
Branco Viana sublinha que já há muito que se temia que o pior viesse a acontecer na Mourassos, isto depois de ter atravessado diversos processos de recuperação financeira que se vêm arrastando desde finais dos anos 90. O responsável espera que ainda possa haver uma luz ao fundo do túnel para os cerca de 90 trabalhadores afectados, mas teme que a empresa não consiga fazer agora aquilo que não fez na última década, ou seja, conseguir uma recuperação financeira que viabilize esta fábrica têxtil.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts