FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 19 Nov 2010

Entidades desportivas do Alto Minho recordam vítimas da sinistralidade rodoviária

  Por cada ano que passa morrem, nas estradas portuguesas, cerca de mil pessoas. Em 2010, desde 1 de Janeiro até ao início de Novembro, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

 
Por cada ano que passa morrem, nas estradas portuguesas, cerca de mil pessoas. Em 2010, desde 1 de Janeiro até ao início de Novembro, morreram 24 pessoas só no distrito de Viana, vítimas de acidentes rodoviários. Pita Guerreiro, governador civil de Viana do Castelo, diz que este é “exactamente o mesmo número [que no ano anterior], o que significa que não houve progresso” no distrito. Para alertar os cidadãos, o Governo Civil de Viana do Castelo, continua a promover a campanha “Mortes na Estrada – Vamos Travar Este Drama”. Neste Domingo, o distrito celebra o Dia da Memória – em Memória dos Mortos na Estrada.

 
 
Em colaboração com várias entidades desportivas do distrito de Viana, como o Clube de Rugby de Arcos de Valdevez, a Associação de Futebol de Viana do Castelo e os Clubes da Divisão de Honra, vai realizar acções de sensibilização em vários eventos desportivos. Os atletas vão entrar em campo usando t-shirts onde vai estar escrito o lema da campanha: “Não deixe a sua marca na estrada. Há memórias que não se apagam”. O governador civil relembra aos condutores que um automóvel é uma máquina e tem de ser conduzido com toda a atenção. O Governo Civil apela ao cumprimento das normas de trânsito, à urbanidade e cidadania.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts