FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 05 Nov 2010

Portagens: “Críticas galegas devem-se a muita desinformação” – Paulo Campos

O secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos, considerou hoje que as críticas de empresários galegos sobre as formas de pagamento de portagens nas […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos, considerou hoje que as críticas de empresários galegos sobre as formas de pagamento de portagens nas antigas SCUT se deve “a muita desinformação”. Referindo-se aos identificadores eletrónicos, Paulo Campos lembrou que “tudo aquilo que está disponível para os portugueses está disponível para qualquer outro cidadão de qualquer país”.

“Estou absolutamente convencido que o tempo encarregar-se-á de assegurar que esta informação existirá para todos e que estes problemas serão claramente ultrapassados”, afirmou. Quinta feira, o presidente da Câmara de Comércio de Vigo, José García Costas, afirmou, em Pontevedra, Espanha, que o Governo português sabe que errou ao obrigar os estrangeiros a comprar um dispositivo para poderem circular nas antigas SCUT. A propósito das queixas espanholas, Paulo Campos sublinhou que “todos os utilizadores daquelas autoestradas terão de pagar as portagens”. “Não faz qualquer sentido que haja utilizadores portugueses que paguem e que haja utilizadores de outra nacionalidade que não paguem”, frisou. Paulo Campos lembrou também que foram feitos convénios com entidades espanholas para que a informação pudesse chegar. Reconheceu que “essa informação não chegou convenientemente”. “Portanto, temos de reforçar essas medidas para esclarecer todas as matérias”, acentuou, lembrando que “a relação de Portugal com a Espanha é muito importante”. Paulo Campos adiantou ainda que na próxima semana, em data que não especificou, se vai reunir com associações empresariais das zonas abrangidas pelas antigas SCUT, nomeadamente da zona de Viana do Castelo. Ainda sobre a questão do pagamento das portagens nas antigas SCUT (Norte Litoral, Grande Porto e Costa de Prata), sublinhou que “a medida está a ter a adesão esperada”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts