FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 11 Nov 2010

Prédio Coutinho: Câmara de Viana diz que quem está a prejudicar a cidade são “alguns moradores”

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo manifestou “insatisfação” e “repúdio” face “aos termos, à linguagem e à inverdade” que diz estarem contidos […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo manifestou “insatisfação” e “repúdio” face “aos termos, à linguagem e à inverdade” que diz estarem contidos num comunicado da Associação de Moradores do Prédio Coutinho, que recentemente veio a público dizer que os custos para a demolição deste edifício de 13 andares já ascendem a 250 milhões de euros. José Maria Costa recorda que foram investidos 97 milhões de euros no programa de requalificação urbana Vianapolis e que, neste momento, existem “condições financeiras, técnicas e políticas” para avançar com a demolição. Como tal afirma que quem tem vindo a prejudicar da cidade não é a Vianapolis, mas sim aqueles que têm vindo a obstaculizar este processo.

 
O autarca vianense acrescenta que existe um sentimento de que os vianenses repudiam o edifício e querem a sua demolição. Uma demolição que está avaliada em 1,3 milhões de euros, sendo que em PIDDAC está já inscrita uma verba de cerca de 900 mil euros para esse fim. Com a demolição do Prédio Coutinho, diz José Maria Costa que já seria possível construir o novo mercado municipal, repondo desta forma “um erro urbanístico, a verdade histórica, e o equilíbrio e a harmonia do perfil urbanístico de Viana do Castelo”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts