FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 12 Nov 2010

Presidenciais: Defensor Moura garante que já tem “praticamente reunidas” as 7500 assinaturas para formalizar candidatura

Defensor Moura garantiu hoje que já tem “praticamente reunidas” as 7500 assinaturas necessárias para formalizar a sua candidatura à Presidência da República, tendo também hoje […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Defensor Moura garantiu hoje que já tem “praticamente reunidas” as 7500 assinaturas necessárias para formalizar a sua candidatura à Presidência da República, tendo também hoje mesmo posto na estrada seis viaturas de campanha. “Já temos quase 7000 assinaturas na sede de candidatura, devidamente confirmadas, que conjuntamente com as que estão espalhadas pelas freguesias devem perfazer o número necessário para entregar o processo no Tribunal Constitucional”, disse Defensor Moura.O antigo presidente da Câmara de Viana do Castelo pôs hoje a circular pelo país seis viaturas de campanha, em que figura o cartaz da candidatura, cujo lema é “Contra a resignação”.

As viaturas transmitem ainda mensagens sonoras com as principais apostas da candidatura, tendo como música de fundo o tema “É urgente o amor”, um poema de Eugénio de Andrade cantado pelo grupo “Nortada”, que era liderado pelo médico sem fronteiras Ricardo Marques, assassinado na Somália, em 1997, onde estava em missão humanitária.“O Ricardo Marques ofereceu-me esta música em 1993, para as eleições em que me candidatei pela primeira vez a presidente da Câmara de Viana do Castelo”, referiu Defensor Moura.Aproveitando a letra da canção, frisou que “é urgente” lutar contra o clientelismo e a corrupção, concretizar da regionalização, assegurar o Serviço Nacional de Saúde e defender os direitos dos animais, assegurando que estas são algumas das principais “bandeiras” da sua candidatura presidencial.No cartaz dos carros de campanha, segue também a foto do candidato, tirada pela sua própria mulher, médica de profissão.Os carros distribuirão também o chamado “jornal da campanha”, onde Moura dá conta das linhas de força da sua candidatura, do seu percurso cívico, social e profissional e dos seus 16 anos na liderança da Câmara de Viana do Castelo.A candidatura terá uma única sede, em Viana do Castelo, instalada precisamente na casa de Defensor Moura.Moura vai gastar 250 mil euros na campanha, tendo já anunciado que não colocará qualquer outdoor fixo, “não só porque a atual situação do país assim o exige, mas também para não poluir as cidades portuguesas”.“Vou apostar muito na Internet, no Facebook, no Twitter”, referiu.Atual deputado do PS, Defensor Moura tem 65 anos, é médico mas iniciou a sua actividade profissional como controlador de tráfego aéreo no aeroporto de Luanda.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts