FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 16 Nov 2010

Soajo: Produtores desesperam com a falta dos prometidos subsídios e também de pasto para alimentar o gado

Pela terceira vez que é marcada uma nova data limite para a entrega de candidaturas por parte dos produtores de gado afectados pelos incêndios do […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Pela terceira vez que é marcada uma nova data limite para a entrega de candidaturas por parte dos produtores de gado afectados pelos incêndios do Verão. A medida é justificada pelo Ministério da Agricultura com o facto de o adiamento permitir abranger mais produtores. No Soajo, uma das freguesias este ano mais afectadas pelo fogo, este adiamento é encarado no sentido oposto. Manuel Costa, o presidente da Junta de Freguesia, esta é mais uma forma de o Governo adiar a entrega daquilo que prometeu. Isto numa altura em que os produtores já desesperam com a falta de pasto para o gado.

 
Manuel Costa diz que no Soajo, “não há pasto nem há palavra por parte do Governo”. Isto porque todos os produtores locais já apresentaram, até ao final de Setembro, todas as candidaturas aos apoios prometidos pelo Ministério da Agricultura. Uma ajuda que não podem receber até encerrar o prazo de candidaturas, que agora voltou a ser adiado para o final deste mês. Isto numa altura em que não há pasto na região, e em que os animais começam já a descer os montes até ás povoações, em busca de alimento.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts