FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 22 Nov 2010

UEVM quer regime de excepção do IVA nas localidades de fronteira

A União Empresarial do Vale do Minho vai formular, junto do Governo, um pedido de excepção e diferenciação no IVA a cobrar a partir de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A União Empresarial do Vale do Minho vai formular, junto do Governo, um pedido de excepção e diferenciação no IVA a cobrar a partir de 2011 nesta região de fronteira. Isto porque enquanto que em Espanha o IVA se situa nos 18%, em Portugal essa mesma taxa vai passar para os 23%. Para Joaquim Covas, o presidente da União Empresarial do Vale do Minho, esta é a única forma de evitar que os clientes locais passem a fazer compras do lado de lá da fronteira.

 
Esta reivindicação está já incluída no Plano de Actividades para 2011 da Confederação do Comércio Português, da qual a União Empresarial do Vale do Minho passa também agora a ser parceira. Para a Associação, a criação desta medida de diferenciação do IVA nas regiões de fronteira é o único caminho para tentar travar a forte concorrência espanhola.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts