FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 23 Dez 2010

Multinacional francesa vai instalar-se em Ponte de Lima atraída por benefícios fiscais

Apesar de os tempos serem de crise, a política fiscal “amiga das famílias e das empresas” do município de Ponte de Lima está a conseguir […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Apesar de os tempos serem de crise, a política fiscal “amiga das famílias e das empresas” do município de Ponte de Lima está a conseguir resultados. Uma multinacional francesa, que produz marroquinaria de luxo, acaba de fechar negócio com a Câmara de Ponte de Lima para se instalar no concelho. No primeiro trimestre de 2011 a fábrica já deve começar a funcionar. Esta é uma conquista importante para o município já que a instalação da multinacional deve, nos dois primeiros anos, criar mais de uma centena de postos de trabalho.

 
O presidente da Câmara de Ponte de Lima, Victor Mendes, diz que a escolha do município para a instalação desta unidade está relacionada com a política de benefícios fiscais que Ponte de Lima vai manter no próximo ano. Em altura de crise, esta é uma oportunidade de aumentar o número de postos de trabalho no município. O executivo limiano decidiu abdicar, em 2011, de mais de um milhão de euros em IRS e derrama. A política fiscal “amiga das famílias e das empresas” traduz-se também na não cobrança de Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis para as empresas que se instalem nos pólos empresariais do concelho ou mesmo fora deles, caso seja considerado um investimento estratégico. Ter taxas de licenciamento “das mais baratas do país” e não cobrar pela recolha do lixo são outros dos benefícios. A multinacional francesa comprou as instalações de uma fábrica de confecção desactivada há cerca de oito anos, em Calvelo, e deve começar a funcionar já no primeiro trimestre de 2011.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts