FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 24 Jan 2011

Centro Dramático de Viana presta hoje homenagem a António Manuel Couto Viana

No dia do aniversário de António Manuel Couto Viana, o Centro Dramático de Viana faz uma homenagem ao poeta falecido em 2010. No Teatro Municipal […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

No dia do aniversário de António Manuel Couto Viana, o Centro Dramático de Viana faz uma homenagem ao poeta falecido em 2010. No Teatro Municipal Sá de Miranda, pelas 21h00, o Centro Dramático de Viana estreia hoje “Era uma vez um dragão”, da autoria de Couto Viana. Esta é uma forma de homenagear o vianense que foi autor de literatura infantil, poeta, ensaísta, tradutor e dramaturgo. A peça de teatro é a centésima produção do CDV e quer mostrar que o teatro para a infância não é coisa menor, mas sim parte estruturante do projecto da companhia.

 
Castro Guedes, director do CDV, diz que Couto Viana teve “muitos méritos na sua obra poética” e no seu trabalho “teatral e dramatúrgico”. Apesar disso, Castro Guedes considera que Couto Viana foi injustiçado e decidiu fazer uma homenagem ao poeta vianense. A peça “Era uma vez um dragão” tem encenação de Elisabete Pinto e dramaturgia cénica e literária de Castro Guedes. O director artístico do CDV diz que é uma peça que “entra no mundo da fantasia das crianças”. A partir de Fevereiro, a peça vai poder ser vista pelas escolas. O Centro Dramático de Viana presta assim homenagem a António Manuel Couto Viana. Às 21:00 de hoje, no Teatro Municipal Sá de Miranda, estreia a peça “Era uma vez um dragão”.
 
 

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts