FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 15 Jan 2011

Portagens: Viana – Ponte de Lima e Viana – Caminha com portagens a partir de 15 de abril

A autoestrada A27, que liga Viana do Castelo a Ponte de Lima, e o troço norte da A28, entre Viana e Caminha, também vão ter […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A autoestrada A27, que liga Viana do Castelo a Ponte de Lima, e o troço norte da A28, entre Viana e Caminha, também vão ter portagens a partir de 15 de abril, disse fonte do Governo.De acordo com fonte do Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações (MOPTC), o alargamento da cobrança àqueles troços, incluídos na concessão Norte Litoral, vai acontecer na mesma data da entrada em vigor das portagens eletrónicas nas SCUT Interior Norte, Beiras Litoral e Alta, Beira Interior e Algarve.

O Conselho de Ministros de 09 de setembro fixou o início da cobrança de portagens nas SCUT do Norte Litoral, Grande Porto e Costa de Prata em 15 de outubro e nas restantes quatro concessões “até 15 de abril”.No comunicado difundido nesse dia, o Conselho de Ministros não esclarecia, contudo, se o alargamento da cobrança às restantes SCUT, exigido pelo PSD, implicava a introdução de pórticos de portagem eletrónica também nos troços das concessões do Norte que tinham ficado de fora.“Num esforço de compromisso procurado pelo Governo, adopta-se o princípio da universalidade na implementação do regime de cobrança de taxas de portagem”, lê-se no comunicado, que alude ao alargamento do pagamento apenas às quatro concessões ainda em regime SCUT.A construção da A27 (antigo IP9) foi uma das “moedas de troca” do chamado “negócio do queijo limiano”, o acordo conseguido entre o então primeiro-ministro António Guterres e o então deputado eleito pelo CDS-PP e presidente da Câmara de Ponte de Lima, Daniel Campelo, para viabilizar o Orçamento do Estado.Com o alargamento da cobrança de portagens também ao troço norte da A28 dentro de três meses, cai por terra o argumento da Câmara de Viana do Castelo para convencer os turistas galegos a continuar a visitar o concelho.A Câmara de Viana do Castelo anunciou dia 04 que está a promover uma campanha publicitária radiofónica na Galiza a alertar para a ausência de portagens no troço da A28 a norte da cidade.“A intenção é elucidar os galegos para o facto de poderem visitar a cidade e o concelho sem pagar qualquer tipo de portagem, numa altura em que existe ainda muita desinformação, que tem desviado turistas da Galiza de Viana do Castelo”, explicava a autarquia, em comunicado.A câmara justificou a campanha com o “decréscimo acentuado” de visitas de galegos a Viana do Castelo desde a introdução de portagens nas antigas SCUT, “afetando, sobretudo, a restauração e hotelaria da região”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts