FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 17 Jan 2011

Rio Minho: Nem as lampreias conseguem “fintar” a crise

A crise parece também ter chegado à safra da lampreia no Rio Minho. Embora a época oficial de apanha tenha começado no dia 3, ainda […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A crise parece também ter chegado à safra da lampreia no Rio Minho. Embora a época oficial de apanha tenha começado no dia 3, ainda são poucas as que vão sendo apanhadas pelos pescadores locais e que são vendidas a um preço muito abaixo do habitual. A escassez de lampreias, a falta de dinheiro dos compradores e os detritos que vão sendo arrastados pela corrente do rio são, de acordo com António Felgueiras, da Associação de Pescadores para a Preservação do Rio Minho, alguns dos factores que contribuem para este período de crise.

 
A safra da lampreia no Rio Minho prolonga-se até 17 de Abril e, até lá, os pescadores esperam que a situação melhore. As primeiras lampreias da época estão a ser vendidas a uma média de 30 euros, um valor que fica muito aquém dos preços praticados nos últimos anos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts