FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 22 Fev 2011

ENVC: Atlântida passa de ferry a navio de passageiros

“A melhor noticia dos últimos tempos”, é assim que Carlos Veiga Anjos, presidente do Conselho de Administração dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo mostra […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

“A melhor noticia dos últimos tempos”, é assim que Carlos Veiga Anjos, presidente do Conselho de Administração dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo mostra o contentamento por ver fechado o negócio da venda do ferry Atlântida para a Venezuela, num negócio de 42,5 milhões de euros. O contrato deverá ser oficializado esta sexta-feira, mas a empresa vai começar já a trabalhar no projecto de adaptação, que converterá o ferry num navio de passageiros, disse à Geice Veiga Anjos regressado esta segunda-feira da Venezuela.

O navio passará a ter condições para transportar 300 pessoas sentadas e será uma espécie de navio cruzeiro, eliminando a garagem com capacidade para 150 viaturas. “O Atlântida será convertido em navio de passageiros e o espaço que tinha de garagem, passará a ser ocupado por camarotes”, explicou Veiga Anjos. No prazo de sete meses os estaleiros farão as alterações necessárias para o navio rumar ás águas da Venezuela. Em Outubro de 2010 o presidente da Venezuela esteve nos Estaleiros de Viana, Chávez visitou o interior do Atlântida e desde logo garantiu a compra do navio, que agora será efectivada, num negócio que ficará por 42,5 milhões de euros, valor superior ao inicial. O navio foi rejeitado em 2009 pelo Governo Regional dos Açores, alegando incumprimento por parte da empresa de Viana na velocidade máxima.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts