FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 22 Fev 2011

Moledo: Força do mar continua a “devastar” a costa

  A situação na praia de Moledo, em caminha continua a preocupar autarcas e moradores, durante este fim-de-semana “o mar devastou mais uns largos metros […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

 
A situação na praia de Moledo, em caminha continua a preocupar autarcas e moradores, durante este fim-de-semana “o mar devastou mais uns largos metros da costa”, principalmente junto ao moinho existente na praia de Moledo, transformado em habitação.

Durante esta segunda-feira foi feito “um enroncamento com pedra e areia, numa extensão de 30 metros para tentar proteger as situações mais emergentes”, explicou á Geice o presidente da Junta de Freguesia Joaquim Seixo. A Administração Regional Hidrográfica do Norte (ARH-N) garantiu que esta semana, avançará com um estudo exaustivo sobre a caracterização da linha de costa e com intervenções de emergência para consolidar a erosão costeira verificada nos últimos dias, devido ao mau tempo. Em Caminha, a força do mar destrui cerca de 15 metros da protecção do paredão, que já foi reconstruído pela Câmara, e o mar quase entrou pelo moinho lá existente, que antes tinha cerca de 15 metros de logradouro à volta e agora está reduzido a pouco mais de um metro”, explicou Fernando Araújo, que desde 1981 ocupa aquele moinho, que agora corre riscos estruturais, dada a quebra da duna primária que o protegia.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts