FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 03 Fev 2011

Monção: Câmara teme pela extinção do Centro Escolar de Tangil

O Centro Escolar de Tangil, em Monção, corre o risco de ser extinto. A preocupação é lançada pelo vereador da Educação na Câmara de Monção, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Centro Escolar de Tangil, em Monção, corre o risco de ser extinto. A preocupação é lançada pelo vereador da Educação na Câmara de Monção, Augusto Domingues, que teme que em breve chegue a notícia da Direcção Regional de Educação do Norte de que o Centro Escolar vai ser transformado em Escola Básica do Primeiro Ciclo e Jardim de Infância, à semelhança do que já aconteceu na freguesia de Pias. No entanto, Augusto Domingues diz que se tal acontecer será contra a vontade da autarquia.

 
Refira-se que o Centro Escolar de Tangil, integrado no Agrupamento de Escolas do Vale do Mouro, tem actualmente cerca de 200 crianças, ou seja, metade daquelas que o Ministério da Educação considera necessárias para manter em funcionamento um Centro Escolar. No entanto, a Câmara opõe-se contra a possibilidade dele se extinguir, visto que muitas das crianças que frequentam o Centro Escolar de Tangil são oriundas de freguesias que distam mais de 30 quilómetros da sede do concelho. Refira-se que o concelho de Monção tem actualmente dois agrupamentos verticais, que integram a EB 2 de Monção e EB2/3 de Tangil, sendo que um terceiro, o de Pias, já foi extinto pela DREN. Por isso mesmo a autarquia vai ainda este mês criar um grupo de trabalho com vista à modernização da carta educativa, já que actualmente “aquilo que está escrito não corresponde à realidade”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts