FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 15 Fev 2011

Viana: “É necessária uma reforma administrativa” – Governador civil

O governador civil de Viana do Castelo, Pita Guerreiro, disse á Geice que é necessária “uma reforma administrativa” no país e nomeadamente no distrito de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O governador civil de Viana do Castelo, Pita Guerreiro, disse á Geice que é necessária “uma reforma administrativa” no país e nomeadamente no distrito de Viana do Castelo, “porque temos hoje uma realidade que não corresponde às necessidades das populações”. Os dez concelhos, têm 290 freguesias, mas, destas, 125 têm menos de 500 eleitores, e, em Caminha, três juntas chegam apenas aos 230. Em contraponto, há uma freguesia na cidade de Viana com mais eleitores do que concelhos inteiros do distrito, Santa Maria Maior contabiliza 9985 eleitores. Pita Guerreiro afirma que “uma reforma administrativa deveria ter sido feita logo após o 25 de Abril”.

Ainda mais óbvio é o exemplo de Caminha, onde das suas 20 freguesias, nove têm menos de 500 eleitores. A serra d’Arga é um exemplo, com as suas três pequenas freguesias, Arga de Baixo com 101 eleitores, Arga de Cima com 87 e S. João d’Arga com 59. Marinho Gonçalves é o presidente de uma das juntas de freguesia mais pequenas do país, S. João d’Arga  e á Geice disse que, não se importa com a fusão, “mas tem de lá estar um representante de cada uma das freguesias”. A Associação Nacional de Freguesias, Anafre já se manifestou contra a fusão de juntas “se não forem asseguradas condições de funcionamento”, respondendo assim à proposta de lei que o Governo está a estudar sobre a extinção de algumas freguesias com número reduzido de eleitores. Manuel de Sousa Marques, coordenador distrital da Anafre explicou que, a eventual fusão “poderá levar a uma maior desertificação”, esta foi uma das conclusões apresentadas durante o Encontro Nacional de Freguesias, que se realizou em Vila Nova de Cerveira. O distrito de Viana do Castelo tem 125 freguesias com menos de 500 eleitores, Caminha, tem três juntas chegam apenas aos 230. No concelho de Paredes de Coura, 13 das 21 freguesias têm menos de 500 eleitores e na aldeia de Porreiras são apenas uma centena. Em Vila Nova de Cerveira, das 15 freguesias, oito têm menos de meio milhar de eleitores, número que em Gondar chega apenas à centena e meia. Entre outros exemplos, em Valença, a segunda cidade do distrito de Viana do Castelo, há apenas 13 932 eleitores inscritos nos cadernos em 16 freguesias, mas seis não chegam aos 500 eleitores.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts