FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 18 Mar 2011

Alto – Minho: GNR atenta ao corte na iluminação pública

Desde o inicio deste mês, que a iluminação pública nos centros urbanos dos dez concelhos do distrito de Viana do Castelo está a sofrer cortes, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Desde o inicio deste mês, que a iluminação pública nos centros urbanos dos dez concelhos do distrito de Viana do Castelo está a sofrer cortes, durante a madrugada, o que representará, até ao final do ano, uma poupança de um milhão de euros. A GNR está a acompanhar o processo com especial atenção, á Geice o Tenente – coronel Prazeres, do Destacamento Distrital da GNR admitiu,que estes cortes poderão potenciar um aumento da criminalidade, nomeadamente ao nível dos furtos”.

 
No entanto o Tenente – coronel Prazeres, da GNR garante que até ao momento a diminuição da iluminação nos centros urbanos não se reflectiu no aumento da criminalidade. Segundo Rui Solheiro, desde o inicio do mês que os centros urbanos dos dez concelhos que integram a CIM desligam um em cada três pontos de luz durante a madrugada. Para já a medida está a correr com normalidade, explicou o presidente da Comunidade que junta os 10 concelhos do Alto-Minho. A medida poderá, em 2011, ser alargada também às aldeias, mas neste caso ainda falta chegar a um consenso, explicou Rui Solheiro. Com estas medidas, a CIM estima uma poupança superior a um milhão de euros em iluminação pública, distribuída pelos 10 concelhos do Alto Minho. Na generalidade dos concelhos do distrito de Viana do Castelo a iluminação pública é ligada e desligada automaticamente, por sensores, o que nesta altura do ano acontece entre as 18.00 e as 07.00 do dia seguinte, numa factura anual que ultrapassa os 3,5 milhões de euros.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts