FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 31 Mar 2011

UEVM: Joaquim Covas reconduzido na direcção, objectivo é defender “intransigentemente” os empresários

Joaquim Covas foi reconduzido esta terça-feira na direcção da União Empresarial do Vale do Minho (UEVM). O acto eleitoral para eleger a direcção da União […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Joaquim Covas foi reconduzido esta terça-feira na direcção da União Empresarial do Vale do Minho (UEVM). O acto eleitoral para eleger a direcção da União Empresarial foi marcado por uma das mais baixas afluências às urnas de sempre. Apenas 40 sócios exerceram direito de voto, num universo de mais de 700 associados.

A direcção agora reconduzida vai exercer funções no triénio 2011-2014.  Joaquim Covas era o único concorrente ao cargo e foi naturalmente reconduzido. Justifica a falta de participação com o facto de só ter existido uma lista a concorrer. O presidente agora reconduzido acredita que este é um sinal de “confiança” na sua direcção. Com mais uma reeleição, Joaquim Covas vai completar duas décadas na presidência da associação. Define a execução de projectos em curso como a prioridade de mais três anos de mandato. Joaquim Covas diz querer defender “intransigentemente” aqueles que a União Empresarial representa. Joaquim Covas quer investir na formação dos empresários e na criação de novas sinergias. Joaquim Covas foi reconduzido para mais um mandato à frente da União Empresarial do Vale do Minho, sem votos em branco nem nulos. Este foi um acto eleitoral marcado pela fraca participação, com apenas 40 sócios a exercerem direito de voto. Recorde-se que a União Empresarial do Vale do Minho foi fundada em 1981 e abrange os municípios do Vale do Minho, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Valença, Vila Nova de Cerveira e Caminha, promovendo a dinamização do tecido empresarial nos sectores do comércio, indústria e serviços.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts