FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 28 Abr 2011

Minho: Os seis luso-descendentes que morreram esta madrugada em França são de Vila Nova de Cerveira e de Caminha

Os seis luso-descendentes que morreram esta quinta-feira num acidente na auto-estrada entre Paris e Bordéus, em França, são naturais do distrito de Viana do Castelo. […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Os seis luso-descendentes que morreram esta quinta-feira num acidente na auto-estrada entre Paris e Bordéus, em França, são naturais do distrito de Viana do Castelo. Segundo informações confirmadas à Geice pelo ex-presidente da Junta de Freguesia de Gondarém, Reinaldo Alves, as vítimas eram naturais de Vila Nova de Cerveira e Caminha.

 
O vice-cônsul português em Bordéus, João Lourenço, confirmou que o acidente ocorreu pelas 0:15. Viajavam num mini-autocarro, com destino a Portugal, sete pessoas, seis luso-descendentes e um francês. José Manuel Carpinteira, presidente da Câmara de Vila Nova de Cerveira, lamenta a tragédia e diz que já está a ser preparado apoio psicológico para as famílias das vítimas. Reinaldo Alves, ex-presidente da Junta de Freguesia de Gondarém, concelho de Vila Nova de Cerveira, confirmou à Geice a naturalidade das vítimas. Uma das vítimas era um homem natural de Vila Nova de Cerveira mas tinha residência em Lanhelas, de onde era natural a esposa. O casal morreu esta quinta-feira em França, bem como o filho de ambos. Os três tinham residência em Lanhelas, apesar de viverem há já 38 anos em França. As outras três vítimas eram naturais de Seixas, concelho de Caminha. As três vítimas de Caminha eram um casal e a neta, de 8 anos, a vítima mais jovem do acidente. O condutor do mini-autocarro, de nacionalidade francesa, tinha 59 anos, de acordo com a agência francesa AFP.  A identificação das vítimas tem de ser feita pelas forças de segurança, notificadas pelo consulado e pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros. Aguarda-se confirmação oficial da naturalidade dos seis luso-descendentes.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts