FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 12 Jul 2011

Alto Minho: Presidente da AIM reclama a criação de uma “Plataforma Afirmativa”

O presidente da Associação Industrial do Minho defende que na região deveria ser criada aquilo que designa como a Plataforma Afirmativa. António Marques diz que […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O presidente da Associação Industrial do Minho defende que na região deveria ser criada aquilo que designa como a Plataforma Afirmativa. António Marques diz que muitas das “catástrofes” que assolaram o Alto Minho nos últimos tempos, como as portagens, a situação dos Estaleiros Navais ou a tentativa de supressão de ligações ferroviárias, são “culpa” da falta de união das entidades distritais. Como tal defende que o Alto Minho deve criar um “voz única” para impor respeito a quem em Lisboa toma decisões que afectam a região.

 
António Marques, que diz que esta descriminação negativa de que o Alto Minho tem sido alvo nos últimos tempos são “machadadas que estão a ser dadas na região” e que não podem ser toleradas. Daí defender a criação de uma Plataforma Afirmativa que se afirme como uma voz única e forte na defesa dos interesses da região.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts