FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 26 Ago 2011

Alto Minho: Presidente da CIM espera que decisões do Governo não interfiram na criação de uma entidade Intermunicipal de Águas e Saneamento

O Presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, Rui Solheiro, espera que as mais recentes medidas do Governo não venham a prejudicar um projecto no […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, Rui Solheiro, espera que as mais recentes medidas do Governo não venham a prejudicar um projecto no qual a comunidade intermunicipal está envolvida e que tem a ver com a criação de uma entidade Intermunicipal de Águas e Saneamento em Baixa para toda a região. Preocupações que surgem depois do Governo ter não só anunciado a privatização parcial da Águas de Portugal, mas também os cortes nas Empresas Municipais. Rui Solheiro vai agora aguardar que o Governo defina os contornos de ambas as medidas.

 
Apesar disso, o presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, diz que o trabalho vai prosseguir com vista à criação de uma entidade Intermunicipal de Águas e Saneamento em Baixa. Mas se antes havia duas hipóteses para concretizar o projecto, a opção torna-se agora mais clara. Recorde-se que a ideia avançada pela CIM do Alto Minho passava inicialmente pela constituição de uma Empresa Intermunicipal de Águas e Saneamento em Baixa para toda a região para uniformizar a distribuição. Implicava a fusão dos dez serviços municipalizados do distrito numa única empresa multimunicipal, com 200 funcionários e abrangência distrital, sendo a sua constituição justificada para eliminar o subsídio gasto pelas câmaras para manter as taxas nos actuais níveis.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts