FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 04 Ago 2011

Caminha: Investimento na requalificação dos equipamentos culturais do centro histórico ultrapassa os 8 milhões

Os caminhenses vão ter um centro histórico renovado e com novos equipamentos culturais. O município de Caminha tem investido na requalificação dos equipamentos do centro […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Os caminhenses vão ter um centro histórico renovado e com novos equipamentos culturais. O município de Caminha tem investido na requalificação dos equipamentos do centro histórico, em obras orçadas em mais de 8 milhões de euros.

 
                     
A autarquia já requalificou a Torre do Relógio, o Chafariz do Terreiro, a Igreja da Misericórdia e a zona envolvente às Muralhas. Para breve, está a construção da Casa-Museu Sidónio Pais, a remodelação do Cine-Teatro Valadares, e a construção da nova Biblioteca Municipal. Flamiano Martins, vice-presidente da Câmara Municipal de Caminha, diz que o investimento de 8 milhões de euros, na requalificação do centro histórico, vai permitir atrair mais pessoas” ao concelho. O responsável diz que Caminha consegue atrair muitos visitantes, mesmo durante o Verão, por causa da preservação do centro histórico. A Feira Medieval, por exemplo, foi um enorme sucesso, com “milhares e milhares” de visitantes. Na nova Biblioteca Municipal, a população vai ter à disposição uma sala multifuncional dedicada à leitura e às novas tecnologias e uma sala polivalente para actividades de grupo. A Câmara vai também transformar o Cine-Teatro Valadares num equipamento moderno e polivalente, ao serviço da cultura e das artes. Para além do teatro, o equipamento vai poder receber variados tipos de espectáculos. Quanto ao Museu Sidónio Pais, o projecto vai nascer nas ruínas da casa que outrora pertenceu ao primeiro Presidente da República eleito em Portugal.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts