FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 25 Ago 2011

Extinção da Movijovem: Câmara de Cerveira pouco ou nada interessada na exploração da Pousada da Juventude

O Governo já anunciou que quer entregar as pousadas da juventude às câmaras municipais, isto depois de estar a ser preparada a extinção da Movijovem, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Governo já anunciou que quer entregar as pousadas da juventude às câmaras municipais, isto depois de estar a ser preparada a extinção da Movijovem, o organismo que assegura a gestão da rede de albergues para jovens. Nas mãos das câmaras, as pousadas poderão ser concessionadas para exploração privada, a exemplo do que o Estado fez com o Grupo Pestana e as Pousadas de Portugal. Algumas, inviáveis do ponto de vista financeiro, podem mesmo fechar. Uma das mais jovens Pousadas do distrito de Viana do Castelo é a de Vila Nova de Cerveira.

 
À partida o “negócio” parece não interessar à Câmara Municipal. No entanto, o autarca José Manuel Carpinteira sublinha ser importante para o concelho manter a Pousada em bom funcionamento. De acordo com o Executivo, este é um processo para “fechar” até ao final deste ano. A rede conta 29 pousadas da juventude espalhadas pelo País, cinco das quais no distrito. Só em Viana do Castelo há duas, uma das quais a do Navio-hospital Gill Eannes. A estas juntam-se as Pousadas da Juventude de Vila Nova de Cerveira, Melgaço e Ponte de Lima.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts