FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 02 Ago 2011

Trabalhadores: União de Sindicatos vai realizar plenários em dezenas de empresas do distrito para alertar trabalhadores

A União de Sindicatos de Viana do Castelo vai realizar, a partir do final do mês de Agosto, algumas dezenas de reuniões e plenários em empresas […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A União de Sindicatos de Viana do Castelo vai realizar, a partir do final do mês de Agosto, algumas dezenas de reuniões e plenários em empresas do distrito, para alertar os trabalhadores para a recente alteração à lei dos despedimentos laborais. Branco Viana, coordenador da União de Sindicatos, disse à Geice que o objectivo é alertar os trabalhadores vianenses sobre a medida recentemente aprovada pelo novo Governo, no que diz respeito à lei dos despedimentos laborais.

 
A alteração prevê a redução das indemnizações por despedimento, de 30 para 20 dias, por ano de trabalho. Primeiro, a medida só vai ser aplicada aos novos contratos de trabalho mas, a partir de Janeiro de 2012, todos os contratos de trabalho vão ser abrangidos. O novo executivo propõe ainda que o valor da indemnização passe a ter um limite máximo de 12 meses. Branco Viana considera que estas alterações são um “retrocesso social” e que visam “embaratecer” os despedimentos. O representante diz que estas alterações vão permitir que as empresas se “livrem” dos trabalhadores mais velhos, de forma mais barata. Assim, a União de Sindicatos vai visitar empresas públicas e privadas e elaborar planos de trabalho. Para o início do mês de Outubro, está a ser planeada uma grande acção de luta nacional, organizada pela CGTP.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts