FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 14 Set 2011

Viana: Patrão da Milopos confirma às trabalhadoras fecho da empresa, 90 pessoas vão para o desemprego

Esta tarde, cerca de duas dezenas de funcionárias da Milopos, Indústria de Malhas de Santa Marta de Portuzelo, vieram até à União de Sindicatos de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Esta tarde, cerca de duas dezenas de funcionárias da Milopos, Indústria de Malhas de Santa Marta de Portuzelo, vieram até à União de Sindicatos de Viana do Castelo para saberem “qual vai ser o futuro da empresa”. Segundo as funcionárias, o patrão disse que a empresa “vai fechar as portas”, atirando mais de 85 pessoas para o desemprego. Ainda não foi declarada a insolvência mas o futuro adivinha-se negro para as mulheres da indústria de malhas. Salários em atraso são outra das queixas das funcionárias.

 
Branco Viana, coordenador da União de Sindicatos de Viana do Castelo, diz que as trabalhadoras têm de se apresentar ao trabalho no dia 19 de Setembro, próxima segunda-feira. Neste momento, ainda estão de férias. O fecho da empresa foi anunciado mas, por agora, o pedido de insolvência ainda não foi efectuado. O responsável diz ainda que falta esclarecer muita coisa, até porque foi prometido um novo trabalho, numa outra empresa do mesmo patrão, a algumas trabalhadoras. Algum material já pode ter saído da empresa mas, para as funcionárias, o cenário continua incerto. A Milopos, em Santa Marta de Portuzelo, deve encerrar em breve. Quase 90 trabalhadoras perdem o seu posto de trabalho.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts