FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 28 Out 2011

Alto Minho: Aprovados vários projectos no âmbito do Grupo de Acção Costeira do Alto Minho

Foram aprovados, recentemente, vários projectos no âmbito do Grupo de Acção Costeira do Alto Minho. Os projectos têm um valor de 310 mil euros e […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Foram aprovados, recentemente, vários projectos no âmbito do Grupo de Acção Costeira do Alto Minho. Os projectos têm um valor de 310 mil euros e vão começar a ser realizados no início de 2012. José Maria Costa, presidente da Câmara de Viana do Castelo, explicou à Geice que estes projectos incluem áreas muito diversas e que pretendem valorizar a actividade piscatória, bem como dinamizar a área turística.

 
Um dos projectos aprovados diz respeito a um protótipo para uma embarcação de eficiência energética. O autarca referiu ainda a aprovação de uma plataforma de certificação dos recursos piscícolas, como a lampreia e o sável. Um dos projectos relaciona-se com a instalação de uma fábrica de produção de sabonetes a partir de algas, que vai nascer em Caminha. No total, a fábrica vai gerar uma dezena de postos de trabalho e vai custar 43 mil euros, sendo que 60% da verba é comparticipada pelos fundos comunitários do programa PROMAR. Para o autarca, estes são projectos muito variados e que vão enriquecer a região. Estão também áreas abertas para novos avisos. O autarca vianense espera que sejam apresentados bons projectos.
O GAC Alto Minho foi criado ao abrigo do PROMAR – Programa Operacional da Pesca 2007-2013 para, através de parcerias público-privadas locais, apoiar e desenvolver projectos que beneficiem as comunidades locais, tendo em vista sobretudo a valorização das comunidades piscatórias e o desenvolvimento sustentável da actividade e das zonas de pesca do Litoral Norte.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts