FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 05 Out 2011

Autarquias: Secretário de Estado admite extinção de 1500 freguesias até 2012 mas diz que “prestação de serviços” e “identidade” serão preservadas

O secretário de Estado da Administração Local, Paulo Júlio, admitiu esta terça-feira a extinção de cerca de 1500 freguesias até 2012. De visita a Viana […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O secretário de Estado da Administração Local, Paulo Júlio, admitiu esta terça-feira a extinção de cerca de 1500 freguesias até 2012. De visita a Viana do Castelo, o governante admitiu que até ao próximo ano possam ser extintas, através da fusão, cerca de 1500 freguesias mas garantiu que a “prestação de serviços” e a “identidade” das localidades vão ser preservadas. Convidado para o encontro “A reforma administrativa do poder local”, organizado pela Comissão Politica distrital do PSD de Viana do Castelo, o governante admitiu que esta vai ser uma reforma difícil. Paulo Júlio defendeu a reforma da administração local, dizendo que vai trazer o “reforço do municipalismo a Portugal”. Classificou o Livro Verde da Reforma de Administração Local de “corajoso” e “aberto a contributos”.

 
Paulo Júlio disse que o número de freguesias é “demasiado elevado” mas garantiu que “a prestação de serviços públicos que as freguesias fazem não vão desaparecer”. Garantiu ainda que a identidade das freguesias vai ser preservada num artigo único. O secretário de estado garantiu ainda que, até ao final do primeiro semestre de 2012, todos os diplomas deverão estar prontos. Assim, no próximo Verão, a reforma estará concluída e a nova legislação pronta a ser aplicada. Já o novo mapa autárquico só será totalmente utilizado em 2013, bem como a nova lei eleitoral autárquica.
Nos próximos dias, o Governo vai também escolher duas Comunidades Intermunicipais para “servir de base” e para funcionar como estudo-piloto: uma de tipologia urbana e uma de tipologia rural. A Comunidade Intermunicipal do Altominho (CIM) já manifestou interesse em participar neste estudo. Apesar de nada estar definido, Paulo Júlio admite que a CIM é uma das “fortes possibilidades”, face aos bons resultados. Até ao final da primeira quinzena de Outubro, o Governo vai anunciar quais as Comunidades escolhidas.
Recorde-se que no distrito de Viana do Castelo existem 290 freguesias e pelo menos 222 não cumprem os requisitos em função da densidade populacional e distância à sede do município, previstos no Livro Verde. Mesmo na capital de distrito, Viana, pelo menos 32 das 40 freguesias vão ter de ser reestruturadas.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts