FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 04 Out 2011

CIM: Água leva os 10 autarcas do distrito ao Ministério do Ambiente: Abastecimento de Água, Polis Litoral Norte e Prédio do Coutinho vão ser discutidos

Os dez autarcas do distrito de Viana do Castelo, que integram a CIM do Alto Minho, são recebidos esta quinta-feira pela Ministra do Ambiente. Em […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Os dez autarcas do distrito de Viana do Castelo, que integram a CIM do Alto Minho, são recebidos esta quinta-feira pela Ministra do Ambiente. Em carteira levam algumas preocupações, mas também projectos relativos às redes de abastecimento de água e saneamento do Alto Minho.

 
Sem querer antecipar as questões a abordar com Assunção Cristas, o presidente da CIM do Alto Minho, Rui Solheiro, disse à Geice que em cima da mesa vão estar assuntos como o abastecimento de água em alta, actualmente da responsabilidade da Àguas do Noroeste, mas também o abastecimento em baixa, uma vez que é vontade de todos os concelhos da CIM que seja criada uma solução intermunicipal para a gestão dessa rede. Os autarcas levam também uma preocupação: o efeito que poderá ter na gestão de ambas as redes a anunciada privatização da Águas de Portugal. Para além desta audiência realiza-se uma outra, logo a seguir, com os autarcas de Viana do Castelo, Caminha e Esposende. Em análise vai estar o futuro do programa Polis Litoral Norte, isto depois do Governo ter também anunciado a extinção da Parque Expo. A terminar as audiências, José Maria Costa, autarca de Viana, reúne-se com a ministra do Ambiente para debater os problemas da sociedade VianaPolis e para defender a demolição do Edifício Jardim, mais conhecido por Prédio do Coutinho.
Júlia Paula Costa, presidente da Câmara de Caminha, vai participar na reunião sobre a Polis Litoral Norte. A autarca diz que existem “projectos estruturados e candidaturas aprovadas” e, por isso, quer saber o que vai acontecer a esses investimentos já iniciados. A autarca quer “ouvir a tutela” e saber o que a Ministra pensa. “Independentemente do nome”, quer a “salvaguarda” dos projectos já iniciados. Júlia Paula Costa diz que, acima de tudo, quer ouvir a governante e saber o que esta pensa do projecto Polis Litoral Norte. A autarca diz que esta vai ser uma audiência “orientadora” e, por isso, mostra-se “muito expectante”. São, no total, três reuniões, todas marcadas para a tarde desta quinta-feira.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts