FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 11 Jan 2015

CNS: Vianense voltou a perder para o campeonato

O Vianense voltou a perder no Campeonato Nacional de Seniores. A equipa de Rogério Amorim foi derrotada no Estádio Dr. José de Matos pelo Bragança […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Vianense voltou a perder no Campeonato Nacional de Seniores. A equipa de Rogério Amorim foi derrotada no Estádio Dr. José de Matos pelo Bragança por duas bolas a zero (0-2) em jogo referente à 17ª jornada.
Com esta derrota, a equipa de Viana do Castelo soma oito jogos consecutivos sem vencer no campeonato.
A turma de Viana do Castelo até entrou melhor no jogo frente aos transmontanos e logo nos primeiros segundos poderia ter marcado por Vítor Sousa. Jogada rápida de Mimba pela direita e Sousa a chegar ligeiramente atrasado ao passe do seu companheiro. Aos poucos o Bragança equilibrou o jogo e apoderou-se mesmo da partida. Aos 25 minutos, Horácio sem marcação dentro da grande área azul rematou rasteiro permitindo que João Pedro fizesse a defesa da tarde. Depois desta ameaça não tardou muito até chegar o primeiro golo do desafio. Quatro minutos depois, aos 29 Edi conseguiu isolar-se e não teve dificuldade em abrir o ativo.
Rui Borges, com um passe magistral, partiu a defensiva do Vianense e ofereceu a possibilidade ao seu companheiro de por os transmontanos a ganhar no Minho (0-1).
Sem conseguir reagir ao golo sofrido o Vianense saiu para o intervalo a perder.
Na segunda parte o Vianense voltou a entrar melhor e outra vez com possibilidade de chegar ao golo. Logo no terceiro minuto, Mimba dentro da grande área contraria e em boa posição, rematou contra o corpo de Corunha que evitou que a bola fosse para o fundo da rede de Nelson. Quando parecia que o Vianense ia tentar uma reacção à desvantagem no marcador eis que aos 50 minutos Tiago Silva vê o segundo amarelo e deixa a sua equipa completamente desequilibrada.
O Bragança a ganhar e a jogar com mais um elemento aproveitou para pegar no jogo e geri-lo a seu belo prazer.
Aos 63 minutos, após um contra-ataque venenoso, Edi acabou de vez com as esperanças dos locais. Descida rápida de Karaté pela direita e o atacante transmontano só teve de encostar para a baliza de João Pedro (0-2). A equipa de Viana do Castelo desesperava em busca da igualdade mas não conseguiu inverter o resultado.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts